Foi concluído o Terra Sancta Organ Festival na Síria e na Terra Santa

Na Síria, Israel e Palestina o Terra Sancta Organ Festival apresentou 21 concertos nas localidades de Damasco, Latakia, Aleppo, Tel Aviv, Nazaré, Haifa, Jerusalém e Belém entre os dias 28 de outubro e 19 de novembro de 2022. Isto só foi possível graças às raízes seculares dos freis franciscanos da Custódia da Terra Santa, organizadora do eventos, nestes lugares.

Na síria os concertos ocorreram na igreja de São Paulo e na de S. Antônio em Damasco, na igreja do Sagrado Coração em Latakia, na igreja de São Francisco em Aleppo e no grande órgão do Damascus Opera House. Os organistas provenientes do exterior eram de grande fama internacional, como o espanhol Juan de la Rubia, organista da basílica da Sagrada Família de Barcellona, o italiano Silvio Celeghin, organista da Orquestra da Academia Nacional de Santa Cecília em Roma, e o austríaco Michael Koller, especialista em improvisação e experimentação acústica. No curso do festival se apresentaram também a Syrian National Symphony Orchestra, dirigida por Missak Baghboudarian, o “Ensemble Classica” de Aleppo e outros músicos sírios dentre os quais o famoso Kenan Adnawi com o seu oud (instrumento musical de corda), por primeira vez em um dueto com um órgão de tubos.

Desde 2016 o Terra Sancta Organ Festival é o único festival internacional de música clássica ativo na Síria, como sinal de solidariedade para com o povo e os músicos que vai além da emergência.

No entanto, qual é a função da música nos períodos de guerra e de crise? O perguntamos a Lubana Mushawah, ministra da cultura da Síria e ao  cardeal Mario Zenari, núncio apostólico na Síria, ambos presentes no concerto inaugural em Damasco.

“A cultura, em modo geral, e a música, em particular – disse a ministra Lubana Mushawah – constituem o alimento da alma e dos pensamentos dos povos e formam uma união sem fronteiras entre eles.  Em tempo de guerra e em tempo de crise, os instrumentos da cultura e da comunicação tem um grande papel de acalmar os ânimos, repensar o nosso presente e o nosso futuro e construir juntos um futuro melhor para a humanidade”.

Para o núncio apostólico, o card. Mario Zenari, este festival é “um sopro de oxigênio nestes tempos um pouco tristes, porque a Síria está ainda perturbada pela guerra e pelas suas consequências como a pobreza, e me alegro com os padres franciscanos que organizaram este festival. A música não precisa de traduções, é uma linguagem que todos entendem, que todos desfrutam, que vai além das diferenças políticas e das fronteiras. E esperamos que também isto seja um passo em adiante para a unidade da Síria e pela solidariedade de todos os sírios e da comunidade internacional com a Síria”.

Na Terra Santa 12 concertos aconteceram, com grande participação de público, na igreja de São Pedro, em Jafa, na Basílica da Anunciação em Nazaré, na igreja de São Salvador em Jerusalém e na igreja de Santa Catarina em Belém. Em comparação com as duas últimas edições, que tiveram de enfrenar os limites impostos pelas medidas de segurança da pandemia, a novidade desta estação musical foi o retorno dos organistas provenientes da Europa, como o húngaro Zsolt Máté Mészáros, a romena Cristina Struta e os italianos Cosimo Prontera e Giulio Mercati.

Neste ano alguns concertos foram hospedados também no auditório do Hecht Museum de Haifa, onde aconteceram os concertos do israelita Yuval Rabin e do tcheco Karel Martinek: se trata dos concertos da HAIFA PIPE ORGAN SEASON organizada em co-produção com “Organ lovers in Israel at the Treasures of the Jewish Music Association”, a nova denominação do Israel Music Association. A estação é composta de nove concertos, um ao mês, com organistas de Israel, República Tcheca, Itália, Romênia e Estados Unidos.

Em Israel os concertos do Terra Sancta Organ Festival foram realizados em colaboração com o Instituto Italiano de Cultura de Tel Aviv, o Instituto Italiano de Cultura de Haifa, embaixada da Hungría em Tel Aviv, Departamento de representação da Hungria em Ramala, Romanian Cultural Institute, Czech Center.

Para permanecer atualizado sobre os próximos concertos do Terra Sancta Organ Festival pode-se visitar o site www.tsorganfestival.org, onde é possível conectar-se à página Facebook e ao canal YouTube do festival para ver as fotos e os vídeos.

Fr Riccardo Ceriani